Em cima da hora:
Fechamento de autoescola vira caso de polícia em Presidente Prudente
-
  • Facebook
  • Twitter
  • Orkut
  • Feeds
  • Rede Transamérica comemora 40 anos no Recife

    Emissora foi a pioneira da rede queFatualmente tem sede em São Paulo
    26.08.2013 15h32m
    Recomendar
    Rede Transamérica comemora 40 anos no Recife
    Foto: Divulgação
    A mais antiga emissora da Rede Transamérica está comemorando aniversário hoje. A Transamérica FM 92.7 de Recife foi a rádio que iniciou a rede, que hoje conta com várias afiliadas, principalmente as rádios que aderiram ao segmento popular. Atualmente a Rede Transamérica conta com dezenas de afiliadas com as portadoras nos segmentos Pop, Hits e Light. 
     
    A Rede Transamérica nasceu em agosto de 1973, na capital pernambucana através dos 92.7 FM seguindo o padrão adulto. Logo após a inauguração surgiram as demais emissoras próprias da rede como Brasília (100.1), São Paulo (100.1), Curitiba (100.3), Rio de Janeiro (101.3), e já na década de 80 chegava a Salvador (100.1).
     
    Em 1985, a rádio deixou de lado o segmento adulto (público da rádio desde a estréia da rede) e passou a trabalhar focando o público jovem. No final da década de 80 a Transamérica já era um fenômeno de audiência, chegando a ser líder na capital paulista. Em janeiro de 1990 surgiu a transmissão via-satélite da rede (anteriormente as emissoras retransmitiam a programação através de material gravado).
     
    Em 2000, com o surgimento da portadora Hits (programação popular), a Transamérica adotou o termo "Pop" em seu nome (a portadora Light surgiu em março de 1999 na capital paranaense pelos 95.1). No ano passado a Transamérica voltou a operar em definitivo pelos 88.7 de Belo Horizonte, sendo mais uma retransmissora própria da rede com o segmento Hits.

    Há dois anos a Rede Transamérica deixou de utilizar os sobrenomes “Pop” e “Hits” na área artística, dizeres que eram utilizados para diferenciar uma portadora da outra em relação ao gênero de cada uma delas. Esses “sobrenomes” foram retirados no início da consultoria prestada por Lui Riveglini, profissional que auxiliou no realinhamento de alguns pontos dos projetos da Transamérica. Os indicativos “Pop” e “Hits” foram mantidos nas apresentações institucionais e comerciais da rede paulista.

    Com informações do Tudo Rádio
     


  • Nova equipe esportiva estreia hoje no rádio baiano

    Varios nomes do jornalismo baiano estarão no programa
    26.08.2013 15h19m
    Recomendar
    Nova equipe esportiva estreia hoje no rádio baiano
    Foto: Divulgação
    Estreia nesta segunda-feira (26), às 8h da noite, na Baiana FM (89,3) o mais novo programa esportivo de rádio da Bahia. O Axé Esportes é um projeto idealizado por Júnior Leal, jovem talento do rádio baiano que resolveu inovar e trazer um novo modelo para as resenhas esportivas pelas ondas radiofônicas.
     
    “Uma resenha extrovertida, rica de elementos inéditos e de total interesse do ouvinte exigente, capaz de envolvê-lo e deixa-lo bem informado. Além dos convencionais setoristas dos dois principais clubes da Bahia, apresentamos notícias do esporte local, nacional, demais clubes do estado e segmentos esportivos, além de música”, conta Júnior, que vai atuar como comentarista.
     
    Além dele a equipe apresenta grandes nomes da comunicação de rádio e TV da Bahia. O apresentador Valter Lima é repórter na Record Bahia e já passou por vários programas esportivos dos mais variados veículos. Moisés Bisesti, também faz parte da equipe que promete dar uma virada na forma como é feito esporte por meio do rádio.
     
    Para dar o toque feminino a equipe traz a voz marcante de Laila Andrade, jovem promessa que vai surpreender muito marmanjo com seus comentários contundentes, além da presença de Alessandro Isabel, repórter do site Bocão News, editor do programa Cidade Alerta da Record Bahia e agora repórter setorista responsável pelas notícias do Esporte Clube Bahia.
     
    O Axé Esportes completa a equipe com o repórter especial Lori de Paulo, que promete trazer notícias exclusivas e polêmicas, além da produção que fica por conta da jornalista Priscila Leal, que também vai coordenar o site Axé Esportes que em breve estará ativo. “É uma aposta que estamos fazendo em novo formato, com novidades. Hoje vai ser o pontapé inicial e sei que todos irão gostar do que irão ouvir”, finaliza Júnior.
     
    Para o presidente da Federação Baiana de Futebol (FBF), Ednaldo Rodrigues, a nova equipe só faz fortalecer ainda mais o esporte da Bahia. Rodigues garante que vai acompanhar o trabalho do Axé Esportes e reforçou a parceria com o grupo criado em Salvador. "É muito bom ver nascer mais uma resenha esportiva. Pelo o que estão me falando vai ser interessante ouvir vocês e eu estarei acompanhando o trabalho de vocês".
     
    A resenha esportiva do Axé Esportes vai ao ar de segunda a sexta, das 8h às 9h da noite, na Baiana FM. É possível escutar o programa pela internet pelo site da rádio.

    Com informações do Bocão News


  • Globo FM chega aos 25 anos e comemora liderança no segmento em Salvador

    Rádio vai lançar nova campanha em evento realizado na capital baiana
    22.08.2013 23h42m
    Recomendar
    Globo FM chega aos 25 anos e comemora liderança no segmento em Salvador
    Foto: Reprodução / Facebook
    A Globo FM 90.1 de Salvador está completando 25 anos no ar na capital baiana. Para comemorar, a emissora adulta vai realizar uma festa no Bahia Café Hall e, durante o evento, vai lançar sua nova campanha publicitária. A rádio também celebra dez anos na liderança do segmento (adulto AB 25+).
     
    Durante todo o mês, a emissora está com programação especial para celebrar com os ouvintes e com a sua equipe. O gerente executivo do segmento Rádios da Rede Bahia (que controla a Globo FM), Luis Moreira, disse que o pontapé inicial da festa acontece nesta quarta-feira, em um evento interno na sede da Rede Bahia para os colaboradores. “Vamos iniciar a semana de comemoração com a nossa equipe. E vai ser para os funcionários de toda a Rede Bahia, e não só os da rádio”, diz.
     
    Já na sexta-feira, a Globo FM lança a campanha de 25 anos no show da banda Titãs, que acontece às 22h, no Bahia Café Hall. Diferentemente da campanha anterior, que trazia depoimentos de artistas como Gal Costa, Carlinhos Brown e Frejat, falando sobre a sensação de ouvir sua música pela primeira vez no rádio, o projeto dos 25 anos da Globo é voltado para os ouvintes. 
     
    Com o slogan A Trilha Que Marcou a sua Vida Toca na Globo FM, a campanha vai mostrar depoimentos de ouvintes sobre músicas que foram trilhas de momentos importantes em suas vidas. “A memória auditiva é muito mais forte do que a visual ou olfativa. Quando ouvimos uma música que nos marcou, a imagem nos vem logo à cabeça. E esse é o conceito, dar espaço para que os ouvintes digam para a gente que músicas são essas”, afirma Luis. 
     
    Além dos 25 anos de existência, a Globo FM também comemora em 2013 o 10º ano consecutivo de liderança de audiência no cobiçado segmento AB 25+. “Dificilmente uma rádio segmentada no Brasil tem esse histórico de 10 anos de liderança ininterruptos”, destaca Luis.
     
    O gerente executivo relata que o case de sucesso é reflexo da dedicação da equipe, que mantém a qualidade elevada da programação: “O conceito do nosso slogan, Pra Quem Gosta de Música, é um mantra aqui na rádio. E é isso que nos move, é isso que faz com que a equipe se dedique na qualidade, na voz, em tudo”, ressaltou.
     
    Com informações do site Correio 24 Horas


  • Luciana Alves lança seu novo DVD gravado em Goiânia


    22.08.2013 23h31m
    Recomendar


  • Rádios Comunitárias também devem transmitir programas eleitorais

    Normas de propaganda eleitoral também valerão para rádios comunitárias
    22.08.2013 23h19m
    Recomendar
    Rádios Comunitárias também devem transmitir programas eleitorais
    Foto: Ilustração
    A Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) aprovou, em decisão terminativa, nesta quarta-feira (14), o Projeto de Lei Suplementar (PLS) 212/09, do senador Valdir Raupp (PMDB-RO), para tornar explícito na Lei 9.504/97 (Lei das Eleições) que as normas de propaganda eleitoral são aplicáveis também às rádios comunitárias. O relator do projeto ressaltou que a medida atende os municípios que não contam com rádios comerciais.
     
    O relator, senador José Agripino (DEM-RN), disse que a nova redação dada ao art. 57 da Lei 9.504/97 elimina qualquer sombra de dúvida sobre a aplicação dos programas eleitorais às rádios comunitárias. Ele informou ainda, durante a votação, que a matéria já está regulamentada pelo Supremo Tribunal Federal (STF), só não está transformada em lei, omissão que se pretende corrigir com a proposição. 
     
    O autor argumenta que a veiculação de propaganda eleitoral nas rádios comunitárias sanaria o problema observado nos municípios que não dispõem de emissoras de rádio e televisão, nos quais os candidatos locais contariam com apenas 10% do tempo destinado à propaganda. O projeto deve entrar em vigor assim que for publicada.
     
    A Ministério das Comunicações publicou no mês passado a portaria 197/2013, que trata do serviço de radiodifusão comunitária. Uma das mudanças apontadas na portaria simplifica o processo de renovação das outorgas de emissoras comunitárias, que fica compatível com o das emissoras comerciais. O ministério vai abrir mão do projeto técnico, que é exigido das emissoras comunitárias, e o processo passa a ser apenas de análise documental.
     
    Além disso, a medida também esclarece outros pontos da norma de radiodifusão comunitária. Um deles deixa claro que o apoio cultural às rádios comunitárias pode ser feito por entidades de direito público e também de direito privado. Outro destaque da portaria trata da abrangência do sinal das rádios comunitárias. De acordo com a legislação, uma emissora tem de ter 25 watts de potência e o cálculo é que essa área de cobertura abrange, em média, o raio de um quilômetro a partir da antena transmissora. 
     
    Para evitar dúvidas, a nova norma explica que essa abrangência de um quilômetro não é um limite e que o sinal da rádio pode ultrapassar essa distância, considerando as características do terreno e a área onde está sendo executado o serviço. Ou seja, esse um quilômetro é uma referência, mas não um limitador para a recepção do sinal.
     
    Essas medidas estão sendo contestadas pela Associação Brasileira das Emissoras de Rádio e Televisão (Abert) e outras 20 entidades estaduais. Segundo o diretor de Assuntos Legais da Abert, Rodolfo Moura, os itens questionados causam grave prejuízo a todo sistema de radiodifusão brasileiro. “As entidades esperam a revogação da medida, mas, caso isso não ocorra, estão dispostas a adotar todas as medidas necessárias para reparar as ilegalidades e preservar o atual modelo da radiodifusão”, afirma. 
     
    Com informações da Agência Senado


  • “Jornal Nacional” tem audiência superior à soma da de telejornais da concorrência


    22.08.2013 23h14m
    Recomendar
     “Jornal Nacional” tem audiência superior à soma da de telejornais da concorrência
    Willian Bonner e Patrícia Poeta ancoram o “JN” Foto: Divulgação / Globo
    Apesar de uma vertiginosa queda de audiência na última década, o “Jornal Nacional”continua sendo, disparadamente, o noticiário mais assistido da TV brasileira.

    Apesar do constante esforço da concorrente, nem mesmo a soma dos índices alcançados por todos os telejornais das demais emissoras se igualam ao número isoladamente alcançado pelo “JN”.
    Segundo dados consolidados da última terça-feira (20), o ranking de audiências dos telejornais das demais emissoras comparados com os do “Jornal Nacional” em pontos de audiência:

    1º – Jornal Nacional – 28
    2º – Jornal da Record – 8,5
    3º – SBT Brasil – 5,4
    4º – Jornal da Band – 4,0
    5º – Jornal da Cultura – 2,2
    6º – Rede TV! News – 1,2
    7º – Jornal da Gazeta – 0,5

    No ranking, não figuram os índices dos telejornais secundários, veiculados pela manhã, tarde ou fim de noite, mas apenas os noticiários do horário nobre. Somados, eles alcançaram 21,8pontos, ante 28 do telejornal global.

    Com Informações do RD1 Audiência 


  • Vídeo: Datena surta ao vivo, xinga, e dá “banana” para o presidente do Ibope


    14.08.2013 23h52m
    Recomendar
    Vídeo: Datena surta ao vivo, xinga, e dá “banana” para o presidente do Ibope
    Foto: Divulgação / Band
    O apresentador do “Brasil Urgente”, Datena, ficou revoltado com a audiência do seu programa na Band nesta quarta-feira (14). Tudo porque o “Cidade Alerta”, da Record, exibia  uma entrevista gravada sobre o mesmo assunto da que era exibida no seu programa, a diferença é que no programa do Datena a entrevista era ao vivo, mas o Ibope do jornalístico policial não era lá grande coisa.
     
    O apresentador ficou indignado e chamou  o presidente do Ibope, Carlos Augusto Montenegro, de vagabundo e que afirmou que ele não valia nada.
     
    Confira:



    Fonte: TV Pop


  • Promoção do Portal MF e Feira Folia


    13.08.2013 23h37m
    Recomendar
    O Portal MF vai leva você para curtir o a festa da Vaca Atolada
     
    SORTEIO DIA 04 DE SETEMBRO AS 21H
    - REGRAS: CURTIR ~> Portal Mf E Feira Folia
    - COMPARTILHAR (modo publico) E MARCAR 10 PESSOAS
    - INSCREVA-SE NO LINK DA PROMOÇÃO.
    www.facebook.com/FeiraFolia?sk=app_154246121296652 




  • TIM consegue proibir Vivo de usar termo "4G Plus"


    13.08.2013 23h30m
    Recomendar
    TIM consegue proibir Vivo de usar termo
    Foto: Reprodução
    A TIM não gostou de ver a Vivo promover o 4G com o termo "Plus" nos anúncios publicitários. Por isso, recorreu ao Conselho Nacional de Autorregulamentação Publicitária (Conar) e conseguiu proibir a rival de usar a palavra que significa "mais" em seu material de divulgação.
     
    Na visão da TIM, o termo dá a entender de que se trata da evolução do 4G, lançado há poucos meses no Brasil e que ainda enfrenta a desconfiança dos consumidores. Em sua defesa, a Vivo argumenta que a palavra em inglês se refere à qualidade e cobertura do serviço e representa um nome fantasia, assim como "Max" utilizado pela Claro.
     
    Entretanto, para o relator do caso, José Francisco Queiróz, "não parece ser correto a utilização do Plus". Segundo ele, “não há como não entender que o 4G Plus da Vivo é uma evolução do 4G e chega a ser infantil, ou de forma mais polida, incrongruente a alegação de que o Plus não tem significado de Mais, aliado ao argumento totalmente antagônico dizendo que o Plus é o Mais da Vivo, não do 4G”.
     
    Segundo o jornal O Globo, a Telefônica Vivo diz que vai recorrer da decisão.
     
    Fonte: Olhar Digital


  • Em alta, jornalismo regional da Record Rio eleva audiência de toda a emissora


    13.08.2013 23h06m
    Recomendar
     Em alta, jornalismo regional da Record Rio eleva audiência de toda a emissora
    Foto: Divulgação / Record
    Não é apenas em São Paulo que o jornalismo da Record representa as maiores audiências da Casa. No Rio de Janeiro, os jornalísticos regionais também cativaram o público e, além de boa audiência, possuem alta repercussão nas redes sociais.
     
    Às 6h30 da manhã, Luiz Bacci comanda o “Balanço Geral – Manhã” e constantemente encosta na Globo. Na manhã da última segunda-feira (12), o jornalístico marcou 5 pontos de média. Com lugar cativo na edição nacional do “Cidade Alerta”, Bacci é um dos queridinhos do público carioca e alavanca os índices matinais da emissora.
     
    Logo a seguir, Gustavo Marques comanda o ”RJ no Ar” e costuma ser uma pedra no sapato do “Bom Dia Brasil”, seu principal concorrente, além de assegurar uma confortável vantagem sobre o SBT. Também na última segunda, o “RJ no Ar” marcou 7 pontos de média, liderando por 26 minutos.
     
    Na hora do almoço, o “Balanço Geral – Tarde” é comandado por Wagner Montes, que, além de garantir excelente audiência, alcançou o status de ‘herói regional’, tornando-se o Deputado Estadual mais votado de todo o Rio de Janeiro nas últimas Eleições.
     
    Por fim, à noite, Rogério Forcolen comanda o “Cidade Alerta RJ” e também costuma assegurar a vice-liderança, além de alcançar altíssima popularidade nas redes sociais graças a sua “sapatada”, marca registrada do apresentador.
     
    O bom desempenho dos produtos regionais é comemorado pela Record, que vê seu faturamento e credibilidade junto aos anunciantes aumentarem proporcionalmente aos seus índices de audiência.
     
    Fonte: RD1 Audiência 


  • Quatro emissoras pretendem bancar concorrente do Ibope


    13.08.2013 23h02m
    Recomendar
    Quatro emissoras pretendem bancar concorrente do Ibope
    Foto: Ilustração
    Os alemães não desistiram. O instituto germânico GfK, que pretende se tornar concorrente do Ibope no Brasil em aferição de audiência de TV, irá reunir-se nos próximos dias com o mercado anunciante e emissoras de TV para dar sequência aos acordos de instalação do serviço.
     
    As conversas do GfK com seus potenciais clientes começaram em dezembro de 2012 e ganharam força a partir de abril deste ano.
     
    O instituto, que atua em mais de cem países, entre eles EUA, Holanda e Portugal, oferece amostragem de pesquisa 35% maior que a do Ibope, com mais peoplemeters (aparelhos instalados nas residências para aferir a audiência) e preço menor. O instituto apresentou orçamento preliminar de cerca de R$ 50 milhões anuais, a ser rateado entre os clientes do país para a implantação da pesquisa.
     
    A Folha apurou que as emissoras Band, Record, SBT e RedeTV! estão negociando a divisão desses custos. A empresa alemã pretende ter os contratos com as redes de TV e agências de publicidade assinados ainda neste ano, para colocar a pesquisa em funcionamento em 2014.

    “Está tudo indo bem. A cúpula da GfK está vindo ao Brasil para reuniões técnicas e comerciais com os interessados”, afirma o empresário Fabio Wajngarten, que intermedeia as negociações no país.

    Fonte: Outro Canal por Keila Jimenez / Folha de São Paulo


  • Do AM para o FM: Decreto de migração das AMs deve ser publicado em setembro

    Anúncio foi feito durante o congresso da Acaert, na capital catarinense
    13.08.2013 23h00m
    Recomendar
    Do AM para o FM: Decreto de migração das AMs deve ser publicado em setembro
    Foto: Ilustração
    O decreto da migração do rádio AM com as regras para a realocação dos canais de ondas médias para a faixa de FM deverá ser publicado em setembro deste ano. A afirmação foi feita nesta quinta-feira, 8, pela secretária interina de Comunicação Eletrônica do Ministério das Comunicações, Patrícia Ávila, durante painel no 15° Congresso Catarinense de Rádio e Televisão, em Florianópolis.
     
    De acordo com as informações, a transição das AMs para o espectro FM não será obrigatória. O proprietário de rádio de ondas médias vai poder solicitar essa migração, que terá regras de transição, porque tem um período de adaptação. Em algumas cidades onde a faixa de frequencia está cheia, o Ministério terá de estender essa faixa.
     
    Entre as mudanças, também haverá alteração no aparelho de rádio. Por isso, será necessário um tempo para que a indústria fabrique esse aparelho e haja uma substituição no mercado. O anúncio foi feito nesta quinta-feira pela secretária interina de serviços de comunicação eletrônica do Ministério das Comunicações, Patrícia Ávila, durante o décimo quinto Congresso de Rádio e Televisão da Acaert.
     
    “Isso, na verdade, é uma demanda do próprio setor. E a gente avalia que nos grandes centros urbanos você tem uma perda da qualidade do sinal da AM. Então isso reduz a condição de competitividade da empresa. Então a medida é dar uma maior condição de competitividade e uma melhor qualidade de sinal", afirmou Patrícia Ávila.
     
    Para o presidente da Acaert, Pedro Peiter, a medida preocupa, já que não se sabe o que será feito com as rádios AM que migrarem para FM. “O que é que vai ser do canal de ondas médias que você entregar. Quer dizer, o ministério vai poder licitar novamente esse canal?      Quer dizer, preocupa muito. Mas eu acredito que muitas rádios de ondas médias, as rádios de amplitudes moduladas AM migrarão para o FM em função das interferências, principalmente, em grandes cidades”, ressaltou o presidente da entidade.
     
    Com informações da assessoria da Acaert


Os comentários e textos não representam a opinião do portal; a responsabilidade pelo blog é do autor da mensagem.
Folha do Estado da Bahia
Desenvolvido por Tacitus Tecnologia