Em cima da hora:
UPE abre inscrições para cursos de idiomas e informática nesta segunda
-
  • Facebook
  • Twitter
  • Orkut
  • Feeds
  • Site Rádio de Verdade entrevista Haroldo de Andrade Junior


    16.08.2014 23h08m
    Recomendar



  • Record Bahia comemora audiência de atrações locais


    16.08.2014 23h04m
    Recomendar
    Record Bahia comemora audiência de atrações locais
    Foto: Divulgação

    A Record Bahia, filial da Record no respectivo estado, está comemorando seus recentes resultados de audiência. Os destaques da programação continuam sendo as atrações locais, tanto na faixa da manhã, tarde ou horário nobre.

    Nesta última terça-feira (11), os cinco programas locais exibidos pelo canal alcançaram a vice-liderança isolada e derrotaram a TV Aratu, afiliada do SBT, com pelo menos 50% de vantagem.

    Logo pela manhã, o "Balanço Geral - Manhã" obteve média de 5 pontos contra 1 da TV Aratu e 11 da Rede Bahia, que é a afiliada da Globo. Na sequência, o "BA no Ar" ampliou os resultados e fez 6 pontos de média contra 2 da TV Aratu e 14 da Rede Bahia.

    Já no começo da tarde, o "Balanço Geral" marcou média de 9 pontos contra 6 da TV Aratu e 18 da Rede Bahia. O "Se Liga Bocão", que vai ao ar logo em seguida, fechou com 11 pontos contra 14 da afiliada da Rede Bahia e 6 da TV Aratu.

    Por fim, no horário nobre, o "Cidade Alerta" fechou na vice-liderança isolada com 10 pontos ante 4 da TV Aratu e 31 da Rede Bahia.

    Esses índices são consolidados e são baseados na preferência de um grupo de telespectadores de Salvador e Região Metropolitana.

    Com informações do Na Telinha



  • Com programação ao vivo, Veja lança TV na internet


    16.08.2014 23h00m
    Recomendar



  • No mês de aniversário do SBT, filiadas ganham logos “modernos e dinâmicos”


    16.08.2014 22h46m
    Recomendar
    No mês de aniversário do SBT, filiadas ganham logos “modernos e dinâmicos”
    Nova identidade visual do SBT nacional Foto: Divulgação / SBT

    Agosto é o mês em que o sistema Brasileiro de Televisão comemora 33 anos de existência. Para festejar aniversário da marca popularmente conhecida como SBT, as oito emissoras próprias que fazem parte da rede terão novidades em suas identidades visuais. Além da geradora São Paulo, as praças Ribeirão Preto, Jaú, Nova Friburgo, Belém, Porto Alegre, Brasília e Rio de Janeiro apresentam mudanças nos logotipos.

    De acordo com a emissora, as novas identidades visuais devem levar "conceito mais dinâmico e moderno" às filiadas. Em caso de três, as mudanças atingem os nomes de como os canais se apresentam ao mercado. No interior paulista, o SBT Jaú vira SBT Central, e o SBT em Ribeirão Preto passa a adotar a marca SBT. Sediado na região serrana do estado fluminense, o SBT de Nova Friburgo assinará como SBT Interior RJ. O objetivo da empresa é ter "uma extensão da marca nacional".

    Coordenadora de marketing das filiadas do SBT, Vanessa Anacleto reforça que a estratégia visa casar a marca nacional da emissora com o público que recebe o sinal das marcas regionais do grupo. “O projeto de criação das marcas foi desenvolvido com a finalidade de fortalecer ainda mais a regionalização e a aproximação com o público local, buscando sempre manter a identidade e personalidade nacional, pois ela comunica e representa o vínculo e a história da emissora com o telespectador”.

    Seguindo a mesma identidade do SBT nacional, os novos logotipos das filiadas são frutos do trabalho da equipe da agência Publicis em parceria com o departamento de criação visual do canal televisivo. Com a novidade, a arte 3D dá vez a uma composição 2D, deixando a marca mais colorida. Para os responsáveis pela arte, o resultado simboliza a agilidade o constante processo de evolução da empresa comandada por Silvio Santos.

    “Estamos seguindo a tendência de hoje, em linha com o que há de mais moderno no design mundial”, ressalta o diretor-executivo de criação da Publicis, Kevin Zung. A avaliação do executivo da agência vai ao encontro da análise da equipe do canal. “Adotamos um aspecto mais clean, mas com a mesma fonte de letra criada por nós. É uma evolução do logo anterior”, declara o diretor de planejamento artístico do SBT, Fernando Pelegio.

    Sem apresentar mudanças em sua identidade visual desde 2004, o SBT levará aos telespectadores seu novo logotipo a partir deste domingo, 17. A arte será levada ao ar durante intervalos comerciais. "O consumidor e o mercado já têm a percepção de um SBT mais jovem e atual. Por isso, acreditamos que este é o momento ideal para fazer com que essa modernização no conteúdo do SBT aconteça também no símbolo da emissora", acrescenta Hugo Rodrigues, COO&Chief Creative Officer da Publicis.

    Fonte: Portal Comunique-se



  • CNT desmonta jornalismo no Rio; apenas uma repórter é poupada


    16.08.2014 22h42m
    Recomendar
    CNT desmonta jornalismo no Rio; apenas uma repórter é poupada
    Foto: Divulgação/CNT

    Mesmo três meses após o anúncio de que havia comercializado 22 horas diárias de sua programação para a Igreja Universal, a CNT ainda não encerrou seu processo de demissões e de reestruturação por conta do enxugamento em seu volume de produção.

    Recentemente, a emissora desmontou por completo o seu departamento de jornalismo no Rio de Janeiro. Tal fato acarretou na demissão de todos os profissionais envolvidos, exceto uma repórter.

    A jornalista em questão foi poupada apenas por questões trabalhistas, já que está grávida de seis meses e não pode ser desligada até o término de sua licença maternidade - o que deve ocorrer apenas em meados de 2015. Tão logo o período previsto em lei se encerre, a jornalista será demitida.

    Com estas demissões, a CNT extingue por completo qualquer representação no Rio de Janeiro na parte jornalística. Estas baixas se somam às mais de 100 ocorridas em maio, as quais não pouparam nem apresentadores como Leão Lobo, que era o nome mais conhecido do casting do canal.

    Com informações do Na Telinha



  • Horário eleitoral gratuito começa dia 19 de agosto


    16.08.2014 22h33m
    Recomendar
    Horário eleitoral gratuito começa dia 19 de agosto
    Foto: Ilustração

    A partir de 19 de agosto (terça-feira) começa o horário eleitoral gratuito de 2014. Durante o primeiro turno, de segunda a sábado, os brasileiros irão acompanhar as propostas dos candidatos à Presidência da República, governadores, senadores, deputados federais e estaduais. Ao todo serão quatro horas e vinte minutos diários de propaganda dos partidos divididos na rádio e na televisão aberta.

    Os programas terão dois blocos contínuos de programação de 50 minutos cada. Na TV eles serão às 13h e 20h30. Já no rádio, os blocos começarão às 7h e 12h. Além dos horários pré-fixados, serão somados mais 30 minutos diários, nas duas mídias, de comerciais de até 60 segundos.

    As propagandas ainda são divididas por cargos: às segundas, quartas e sextas-feiras, serão exibidas as propagandas dos candidatos a governadores, deputados estaduais e senadores. Já às terças, quintas e sábados, será a vez dos candidatos s a presidente e deputado federal. Os programas do primeiro turno serão exibidos até 2 de outubro. A ordem de exibição dos programas é definida a partir de um sorteio realizado pelos tribunais eleitorais.

    O tempo de cada partido no horário eleitoral gratuito do primeiro turno já foi definido pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Um terço do tempo disponível é divido igualmente entre todos os partidos ou coligações (as uniões partidárias). O restante é definido a partir do número de deputados federais eleitos pelos partidos nas eleições de 2010. Assim, quanto maior for a coligação de partidos em torno de um candidato ou de uma chapa ao parlamento, mais tempo esse candidato ou coligação terá nos meios de comunicação.


    Se ocorrer segundo turno, o horário eleitoral será dividido igualmente entre os candidatos a presidente e governadores. Neste caso, os programas serão exibidos de segunda a domingo, totalizando três horas e vinte minutos diariamente. Nas rádios, os programas começarão às 7h e 12h, em dois blocos de 40 minutos cada, sendo divididos pela metade entre os candidatos a presidente e governadores. Já na TV estão programados os mesmos dois blocos de 40 minutos, começando às 13h e 20h30. Neste turno também teremos 30 minutos de horários comerciais nas rádios e TVs divididos entre os candidatos.

    Financiamento do horário eleitoral

    Ao contrário do que muitos pensam, o horário eleitoral só é gratuito para os partidos, mas são pagos pelos cofres públicos. As emissoras de rádio e TV, apesar de serem concessões públicas, recebem do tempo disponibilizado à propaganda eleitoral uma dedução de impostos em 80% do valor do seu horário comercial. Nas eleições de 2010, a Receita Federal estimou o valor de R$ 850 milhões em isenções dadas às emissoras pela exibição do horário eleitoral.


    Com informações da Agência Brasil
     



  • Programa da Rede TV supera Globonews e TV Cultura em premiação


    16.08.2014 22h27m
    Recomendar
    Programa da Rede TV supera Globonews e TV Cultura em premiação
    Foto: Divulgação/Rede TV

    Atração dedicada a levar ao ar ações em prol de um país melhor, o 'Good News' foi eleito o grande vencedor da categoria televisão do 'Prêmio de Reportagem SOS Mata Atlântica' 2014. Na final da edição deste ano, o programa semanal da Rede TV superou matérias produzidas por Globonews e TV Cultura de São Paulo.

    Comandada pela jornalista Silvia Martinez, editora-chefe e diretora do projeto 'Good News', a reportagem “Um futuro de esperança: o trabalho de resgate de espécies raras da Mata Atlântica” levou a melhor frente aos trabalhos “Viveiro de Mudas”, de André Trigueiro (Globonews), e “10 anos do Programa de RPPNs”, de Mariene Pádua ('Repórter Eco', TV Cultura).

    Durante a cerimônia da entrega da premiação, realizada na noite de quinta-feira, 14, Silvia comemorou e garantiu: a vitória é de toda a emissora. “Ganhar um prêmio com esta marca, é uma honra. Estou muito emocionada. O 'Good News' é trabalho em equipe, um programa novo no seguimento e que tem como criador e idealizador o sr. Amilcare (Dallevo), presidente da Rede TV. Uma vitória para o meio ambiente, uma vitória para a Rede TV”.

    A premiada reportagem do 'Good News' acompanhou o trabalho de biólogos e técnicos em uma ação de resgate de espécies de plantas e animais encontrados na região de Mata Atlântica onde está sendo construída trecho da rodovia conhecida como Rodoanel, na região metropolitana de São Paulo. A matéria foi ao ar, originalmente, em novembro do ano passado.

    Outros vencedores: Idealizada pela parceria das ONGs Conservação Internacional e a SOS Mata Atlântica, a premiação conta com outras duas categorias. Em jornal, a edição 2014 teve “Projeto para reabrir estrada em parque provoca polêmica” (Daniela Chiaretti, Valor Econômico) no primeiro lugar. “Rãs, sapos e pererecas sobrevivem à metrópole” (Giovana Girardi, Estadão) e “Verdes Feitos” (Katia Brembatti, Gazeta do Povo) foram, respectivamente, 2º e 3º.

    Na categoria revista, domínio de reportagens publicadas por títulos vinculados em uma instituição de ensino e a uma fundação. A revista mantida pela Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp) conquistou o primeiro e o segundo lugar, com “Os círculos do tempo” (Carlos Fioravanti, 1º) e “Voo direto” (Maria Guimarães, 2º). “Tesouro enterrado” (André Gomes Julião, Revista Unesp Ciência) completou o pódio.

    Fonte: Portal Comunique-se



  • Globo e Band definem novas datas de entrevistas e debates após morte de Campos


    16.08.2014 22h22m
    Recomendar
    Globo e Band definem novas datas de entrevistas e debates após morte de Campos
    William Bonner e Patrícia Poeta entrevistaram Eduardo Campos na véspera de sua morte Foto: Reprodução

    Adiadas após a trágica morte do candidato à presidência da República, Eduardo Campos (PSB), na última quarta-feira (13), as entrevistas com Dilma Rousseff (PT), que disputa a reeleição, e Pastor Everaldo (PSC) ao “Jornal Nacional” ganharam novas datas.

    Inicialmente, os presidenciáveis seriam sabatinados por William Bonner e Patrícia Poeta na quarta e quinta (14), respectivamente. Agora, a petista será entrevistada na segunda (18) e o socialista-cristão na terça (19), data do início da propaganda eleitoral gratuita na TV aberta e no rádio.

    A série de sabatinas no “JN” foi aberta na segunda (11), com o candidato Aécio Neves (PSDB). Na terça, véspera da tragédia que o vitimou, foi a fez de Eduardo Campos.

    Em razão do acidente e em respeito à família do ex-governador de Pernambuco e das outras seis vítimas, a Band também mexeu nas datas dos seus debates.

    O presidencial, antes marcado para a próxima quinta-feira (21) foi reagendado para o dia 26, em acordo com as legendas que participam do pleito.

    Já os estaduais, previstos para a última quinta, tiveram datas diferentes, seguindo acordos com as coligações locais. Em São Paulo, o encontro acontecerá no dia 23, enquanto no Rio de Janeiro e no Distrito Federal será no dia 19. Já no Rio Grande do Sul, o evento foi remarcado para o dia 28.

    Com informações do RD1
     



  • Roberto Canázio concede entrevista ao site Rádio de Verdade


    10.08.2014 10h11m
    Recomendar



  • Ministro Paulo Bernardo anuncia primeiras autorizações para migração do AM para fim do mês

    Seguindo o programado, primeiras rádios AMs a irem para o dial FM serão no Rio Grande do Norte
    10.08.2014 10h08m
    Recomendar
    Ministro Paulo Bernardo anuncia primeiras autorizações para migração do AM para fim do mês
    Foto: Ilustração

    As emissoras AM do Rio Grande do Norte darão o pontapé inicial na migração para o FM. No dia 25 de agosto, o ministro das Comunicações, Paulo Bernardo, assinará e entregará os primeiros termos de adaptação de outorga a radiodifusores do Estado já habilitados, durante solenidade no Congresso da SET (Sociedade Brasileira de Engenharia de Televisão SET), em São Paulo. A expectativa é que as rádios habilitadas comecem a operar na faixa de FM a partir de outubro deste ano.

    Para viabilizar a migração do AM no Rio Grande do Norte, a Anatel publicou na última sexta-feira, 1º, um ato que altera o plano básico de FM. A mudança foi objeto de consulta pública durante o mês de junho. Todos os 24 canais de FM solicitados pelas emissoras AM foram incluídos no plano.

    O próximo passo a ser dado pelas emissoras habilitadas será a intimação para o pagamento pela adaptação da outorga. O valor será a diferença entre os preços mínimos de uma concessão de FM e de uma outorga de AM, calculados com base nas classes e nas condições econômicas das rádios, além da localidade onde elas operam.

    O Norte será a segunda região a fazer a transição. A Anatel mantém aberta, até 15 de agosto, a consulta pública para incluir novos canais no plano básico de FM nos estados de Amazonas, Amapá, Rondônia, Roraima e Tocantins. Todos os 58 canais de FM solicitados pelas emissoras AM da região foram contemplados.

    Com informações da assessoria de comunicação da Abert
     



  • Comissão aprova financiamento do BNDES para rádios comunitárias

    Recursos poderão ser utilizados para a aquisição de equipamentos
    10.08.2014 10h05m
    Recomendar
    Comissão aprova financiamento do BNDES para rádios comunitárias
    Foto: Ilustração

    A Comissão de Ciência e Tecnologia, Comunicação e Informática aprovou na última quarta-feira (6) o Projeto de Lei 4133/12, do Senado, que autoriza a União a conceder financiamento pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) às emissoras de radiodifusão comunitária. O parecer da relatora, deputada Luiza Erundina (PSB-SP), foi favorável ao projeto.

    De acordo com a proposta, os recursos poderão ser utilizados para a aquisição de equipamentos; a modernização de instalações e de sistemas radiantes; a produção de programas culturais e educativos e programas de formação profissional; e apoio à atuação de conselhos comunitários. Pelo texto, o financiamento poderá ser pago em até 10 anos com prazo de carência de dois anos e taxa de juros de longo prazo.

    O parecer da relatora, deputada Luiza Erundina (PSB-SP), foi favorável ao projeto. “Essa proposta vem ao encontro das reivindicações por maior incentivo do Estado para as rádios comunitárias, visto que tais emissoras não podem comercializar publicidade, ficando limitadas a admitir patrocínio sob a forma de apoio cultural, proveniente de estabelecimentos situados na área da comunidade atendida”, disse.

    Segundo a deputada, essas restrições legais ao financiamento das rádios comunitárias são um entrave ao seu desenvolvimento, “o que termina por colocar em xeque a própria sobrevivência desses veículos, prejudicando as comunidades nas quais estão inseridas”. A proposta tramita em caráter conclusivo e será analisada ainda pelas comissões de Finanças e Tributação; e de Constituição e Justiça e de Cidadania.

    Com informações da Agência Câmara



  • Com orçamento bilionário, TV do governo tem audiência nula


    10.08.2014 10h00m
    Recomendar
     Com orçamento bilionário, TV do governo tem audiência nula
    Foto: Divulgação

    Criada há sete anos pelo Governo Lula, a TV Brasil, emissora mantida com recursos públicos, ainda está longe de conquistar a preferência do telespectador brasileiro.

    De acordo com números divulgados pelo colunista Ricardo Feltrin, o canal obteve apenas 0.37 ponto de média de audiência no mês de julho deste ano, contabilizando-se números da TV aberta e por assinatura.

    Segundo critérios de arredondamento utilizados pelo setor, o número pífio equivale a 0 e é menor do que os índices da TV Cultura, outro canal que utiliza recursos públicos e que assegura o quinto lugar no ranking de audiências da Grande São Paulo mesmo tendo um orçamento três vezes inferior ao da TV Brasil, que, segundo analistas, já custou cerca de R$ 3 bilhões aos cofres públicos desde 2007.

    Com informações do RD1
     



Os comentários e textos não representam a opinião do portal; a responsabilidade pelo blog é do autor da mensagem.
Folha do Estado da Bahia
Desenvolvido por Tacitus Tecnologia