Obras por toda a Bahia 2020
Em cima da hora:
População detém suspeito de roubar menor no Centro de São Carlos, SP
-
  • Facebook
  • Twitter
  • Orkut
  • Feeds
  • Youtube deve lançar versão paga sem propagandas no final de outubro


    Youtube deve lançar versão paga sem propagandas no final de outubro

    A versão paga e sem publicidade do Youtube pode já estar com a data de lançamento definida. De acordo com o ReCode, o site enviou e-mails aos proprietários de vídeos avisando que atualizaria seus termos de serviço e solicitando-lhes que aceitem os novos termos até 22 de outubro.

    Caso os usuários não atualizem sua aceitação aos termos de serviço até essa data, o Youtube avisa que seus vídeos "não estarão mais disponíveis para exibição pública ou para monetização nos Estados Unidos". É possível, portanto, que 22 de outubro marque a data de lançamento do novo serviço.

    o ReCode informa ainda que, segundo fontes da indústria de vídeos, o Youtube cobrará US$ 10 por mês para que usuários possam assistir a vídeos na plataforma sem a necessidade de visualizar comerciais e usar uma versão atualizada de seu serviço de música. A informação, no entanto, ainda é bastante especulativa.

    Usuários que não desejem assinar a versão paga do site poderão continuar a assisir aos vídeos hospedados nele normalmente. Será necessário apenas assistir (ou pular) as propagandas que passam antes de alguns vídeos, como acontece hoje em dia.

    Comunicação: No e-mail enviado aos criadores de vídeos, o Youtube argumenta que quer garantir que aqueles que pagam para assistir a vídeos sem propagandas possam ter acesso ao mesmo acervo que os usuários da versão gratuita do site. Daí a necessidade da mudança nos termos de serviço.

    A plataforma compara o atual processo de atualização de termos de serviço ao de três anos atrás, quando o site começou a distribuir e monetizar conteúdo em plataformas móveis. Atualmente, segundo o Youtube, smartphones e tablets respondem por mais da metade do total de tempo de visualização do site, e a receita gerada a partir de tais dispositivos dobrou de um ano para cá.

    O e-mail completo enviado aos usuários do site (em inglês) pode ser lido clicando aqui.

    Com informações do Olhar Digital



Os comentários e textos não representam a opinião do portal; a responsabilidade pelo blog é do autor da mensagem.
Folha do Estado da Bahia
Desenvolvido por Tacitus Tecnologia