PMFS Natal 2
Em cima da hora:
Queda de energia em Brotas deixa serviço da Defesa Civil fora do ar
-
  • Facebook
  • Twitter
  • Orkut
  • Feeds
  • ESPN encerra projeto de rádio web em São Paulo


    10.05.2015 00h42m
    Recomendar
    ESPN encerra projeto de rádio web em São Paulo
    Foto: Reprodução

    A ESPN Brasil encerrou na última terça-feira (5) as atividades de sua emissora de rádio que funcionava apenas via internet. A programação estava apenas pela rede mundial desde janeiro, quando ocorreu o fim da parceria com a Rádio Capital AM 1040.

    Embora João Palomino, vice-presidente de jornalismo e de produção do canal, tenha negado no fim de abril que as atividades da rádio seriam encerradas, o projeto de oito anos chegou acabou após parcerias com Eldorado e Estadão anteriormente.

    De acordo com informações do portal Imprensa, três funcionários da equipe técnica — Carlos Barbosa, João do Amaral e Renê Martim — foram demitidos em razão da mudança. O restante dos profissionais que atuavam na rádio, entre eles produtores, repórteres e narradores, foram deslocados para atuação na TV. Até o momento, não há indícios de novas demissões.

    Em nota, a emissora explicou o fechamento da rádio como parte da mudança de estratégia, que focará em plataformas digitais. "Alinhado com seu compromisso de servir ao Fã do Esporte com excelência, a ESPN irá estrategicamente focar parte dos seus investimentos em plataformas digitais como o ESPN Watch e o ESPN Sync, decidindo então, encerrar as atividades da Rádio ESPN".

    A emissora alega que "dado o contexto desafiador de nosso mercado, movimentos como esse são necessários para entregar o melhor conteúdo ao Fã do Esporte.” O projeto de rádio da ESPN teve início com a parceria formada com o Grupo Estado, que culminou na criação da então Rádio Estadão/ESPN em AM e FM (atual Rádio Estadão AM 700 FM 92.9 de São Paulo).


    Fonte: Tudo Radio
     



  • Android ganha mais que iOS com apps, mas é menos atraente para desenvolvedores


    10.05.2015 00h39m
    Recomendar
    Android ganha mais que iOS com apps, mas é menos atraente para desenvolvedores
    Foto: Reprodução

    Dois estudos recentes dão conta de que o Android finalmente está conseguindo obter mais receita com aplicativos que o iOS. Mas mesmo assim a plataforma da Apple continua a ser mais atraente para os desenvolvedores por conta de sua lucratividade.

    Na semana passada, um estudo da Digi-Capital repercutido pelo Olhar Digital informava que, no primeiro trimestre deste ano houve uma inversão no ranking de receitas, e agora a Opera Mediaworks, segundo o Re/code, chegou à mesma conclusão - mesmo que num quadro apertado, com 45,8% de receitas para Android e 45,4% para iOS.

    Era de se esperar que, com a quantidade de aparelhos vendidos com o sistema operacional do Google em comparação com iPhones e iPads, o primeiro fosse muito mais rentável. Para se ter uma ideia, mais de 1 bilhão de dispositivos com Android foram entregues em 2014 contra quase 200 milhões de aparelhos com Android.

    Assim, embora o mercado aponte para um cenário em que a receita com venda de apps seja maior para o sistema do Google, proporcionalmente ele ainda gera menos dinheiro do que o iOS. Quem possui iPhone tende a gastar mais com aplicativos e, por isso, é mais atrativo para desenvolvedores, algo que deve continuar mesmo se o Android fizer sua receita crescer.

    Fonte: Olhar Digital
     



  • Sem "SP no Ar", William Travassos comandará "Cidade Alerta" em Brasília


    10.05.2015 00h29m
    Recomendar
    Sem
    Foto: Reprodução

    Apresentador até esta sexta (8) do jornal "São Paulo no Ar", da Record, William Travassos irá mesmo se transferir para Brasília, como apontavam rumores desde o início da semana.

    Segundo informações obtidas pelo NaTelinha, William comandará a versão do Distrito Federal do "Cidade Alerta", que irá ao ar a partir do próximo mês de junho. O programa será exibido nos fins de noite, a partir das 18h45, sendo sucedido pelo "DF Record".

    O cenário e equipe já estão sendo preparados pela direção da emissora. O esquema é o mesmo que acontece na Record Pará, por exemplo. William só começa a dar expediente no canal no início do próximo mês, já que precisa providenciar detalhes de sua mudança durante este restante de maio.

    Falando na mudança, sua saída de São Paulo tem sido bastante lamentada, já que ele é uma das pessoas mais queridas da redação, por sua educação ao tratar os colegas.

    Já em Brasília, a sua transferência só foi sabida por funcionários justamente pelas especulações na imprensa. Alguns até disseram que não conheciam o trabalho de Travassos em São Paulo.

    William Travassos estava na Record São Paulo desde 2009, egresso da Record Rio, onde fazia sucesso com o "RJ no Ar". Desde então, comandava o "SP no Ar", que não raramente liderava a audiência em seu horário.

    A partir desta segunda (11), a faixa das 06h às 09h será toda ocupada por Luiz Bacci e seu "Balanço Geral Manhã", que será nacional com exceção da Bahia, que já conta com o bem-sucedido "Bahia no Ar".

    Fonte: Na Telinha
     



  • RICTV Record lança nova programação com a estreia de Luiz Bacci


    10.05.2015 00h24m
    Recomendar
    RICTV Record lança nova programação com a estreia de Luiz Bacci
    Foto: Reprodução

    As afiliadas da Record em todo o Brasil estão se adaptando às mudanças que a emissora promove a partir da semana que vem, lançando Luiz Bacci para todo o país. Após o apresentador ter deixado a Band, ele assumiu a edição da manhã do “Balanço Geral”, exibido apenas para São Paulo.

    Agora, com seu programa em rede nacional, a RICTV Record terá o jornalismo ampliado em Santa Catarina, tendo início às 6h30. O “Balanço” irá até às 7h30, quando começa a edição local da marca, o “Balanço Geral SC”, com apresentação de João Rodrigues nas segundas, terças e sextas-feiras.

    A partir das 8h, começa o “SC no Ar”, comandado por Marta Gomes e Sabine Weiler, que fazem um giro por todo o estado, com entradas ao vivo de todas as regiões de Santa Catarina e a análise de especialistas em política, economia e segurança pública. Às 8h55, entra no ar o “Fala Brasil”.

     “Ao ampliar nossa programação matinal, reforçamos nosso compromisso com a comunidade de Santa Catarina”, disse Roberto Bertolin, diretor regional da RICTV Record Florianópolis. As informações são do realese da emissora.

    Fonte: TV Foco
     



  • MEC FM passa a ocupar frequência 99.3 FM a partir deste domingo


    10.05.2015 00h14m
    Recomendar
    MEC FM passa a ocupar frequência 99.3 FM a partir deste domingo
    Foto: Reprodução

    Dez de maio, data emblemática para a MEC FM porque marca os 32 anos da entrada no ar da emissora dedicada à música de concerto e vai estabelecer também a mudança de frequência da emissora. Com a alteração, a partir da meia-noite, a MEC FM deixará os tradicionais 98.9 MHz para operar em 99.3 MHz, sendo o maior deslocamento de sintonia entre as estações que tiveram suas frequências alteradas nos últimos anos.

    A troca de frequência ocorre por razões técnicas, de organização do espectro FM na capital fluminense”, explica o gerente-executivo de Engenharia e Operações da Empresa Brasil de Comunicação (EBC), Renato Favilla, que faz a gestão da emissora. “Com a mudança, a rádio vai deixar de sofrer algumas interferências decorrentes de emissoras próximas e, como o espectro é limitado, essa alteração também permitirá que outras rádios, de menor porte, passem a ocupar essa posição no dial.”, completa Favilla.

    As alterações foram indicadas pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), que fiscaliza a radiodifusão nacional, e atingiu quatro emissoras de grande porte no Rio de Janeiro. A MEC FM é a última das grandes a fazer a migração e espera manter sua audiência, apesar de a nova frequência não ser adjacente à anterior, caso das demais emissoras que já mudaram suas posições no dial.

    Essas mudanças começaram em 2009, com a Rádio Melodia FM 97.5 deixando a frequência anterior (97.3 FM). Na sequência, a Rádio Globo FM 89.5 mudou, em fevereiro de 2011, a sintonia 89.3 FM. A última alteração ocorreu com a JB FM, que em janeiro de 2012 deixou a tradicional sintonia 99.7 FM para operar a partir da atual freqüência.

    Comemoração de aniversário: A MEC FM celebra seus 32 anos no ar com um concerto especial de aniversário, que terá 80 minutos de duração. No palco estarão intérpretes cujo repertório reflete a programação da emissora, desde a música renascentista, medieval até os dias atuais.

    Com informações da EBC



  • “Balanço Geral” ganha nova identidade visual


    10.05.2015 00h10m
    Recomendar
    “Balanço Geral” ganha nova identidade visual
    Foto: Reprodução

    Como já informamos, o “Balanço Geral – Manhã”, comandado por Luiz Bacci, passará por uma ampla reformulação, desde o logo até o cenário, além de ter a sua cobertura ampliada. Ao invés de local, o programa será transmitido para todas as regiões do país.

    Com estreia nesta segunda-feira, dia 11, o jornalístico começará às 6h para o estado de São Paulo e, a partir das 6h30, entra em rede nacional, que se estende até às 7h30. A partir daí, o programa volta a ser exibido apenas para os paulistas, indo até às 8h55.


    Essa será a primeira reformulação que a programação regional sofre, após vários anos intacta, e foi influenciada pelo sucesso do “Hora 1″, que estreou no final do ano passado na Globo. O cenário também contará com alterações. Veja a chamada do programa:
     



  • Brasil já tem mais smartphones que computadores


    19.04.2015 23h26m
    Recomendar
    Brasil já tem mais smartphones que computadores

    De acordo com o 26º Relatório Anual de tecnologia da Informação, divulgado pela Fundação Getúlio Vargas, o Brasil possui mais smartphones do que computadores, notebooks e tablets em uso: são 154 milhões de celulares inteligentes, contra 152 milhões de computadores. Destes 152 milhões, 24 milhões são tablets.

    Dentre os aparelhos listados como computadores, Ao todo, o país possui 306 milhões de dispositivos conectados à internet, um total de aproximadamente três dispositivos para cada dois habitantes do país, o que coloca o Brasil acima da média mundial de dispositivos por habitante.

    A 26ª edição da Pesquisa Anual do Uso de TI da FGV também mostra que desde 1988, o número de computadores no Brasil dobra a cada quatro anos. Dessa forma, o documento prevê que, em 2017, o Brasil terá 208 milhões de computadores, o que deve equivaler a um PC por habitante.

    O estudo mostra também que 2014 marcou a primeira vez em trinta anos que a venda de PCs diminuiu. O resultado desse ano foi 10% menor que o de 2013. A pesquisa especula, no entanto, que a venda de computadores em 2015 será 8% maior que a do ano anterior, graças ao crescimento da venda de tablets, que respondem por mais da metade do valor total de vendas dessa categoria.

    Com relação a televisões, o Brasil possui atualmente 212 milhões de aparelhos. Isso representa aproximadamente 26 TVs para cada 25 habitantes (104% per capita), o que coloca o Brasil acima da média mundial.

    Uso de TI nas empresas: Ainda seguindo a pesquisa, a porcentagem da receita de empresas investida em tecnologia da informação triplicou em vinte anos. Em 1994, as empresas investiam em média 2,5% de seu faturamento nessa área; em 2014, essa porcentagem foi de 7,6%. Entre bancos, esse número saltou de 4,5% em 1994 para 13,8% no ano passado. Nas indústrias de capitais abertos, cada ponto percentual investido a mais em TI correspondeu, em média, a um lucro 7% superior após dois anos.

    A pesquisa revelou também que a Microsoft continua a dominar os computadores de empresas, tanto com seu sistema operacional quanto com seus aplicativos. Atualmente, 97% das empresas utilizam Windows em seus computadores, e 71% utilizam o sistema operacional também em seus servidores.

    O Internet Explorer também é utilizado como navegador em 85% das empresas (contra 8% que utilizam o Chrome e 6% que adotam o Firefox), e 74% delas utilizam o Outlook como solução para comunicações digitais corporativas (em segundo lugar está o Lotus, com 8%, e o Gmail em terceiro, com 7%).

    Fonte: Olhar Digital
     



  • Globo anuncia ampliação de horário de produção para afiliadas


    19.04.2015 23h23m
    Recomendar
    Globo anuncia ampliação de horário de produção para afiliadas

    No mês do cinquentenário da Globo, a emissora anunciou mudanças na grade de suas afiliadas para ampliar a programação regional em todo o país.

    Segundo comunicado enviado pela Central Globo de Comunicação, serão quase duas horas a mais de conteúdo local por semana. O telespectador vai notar as principais mudanças essencialmente no fim de semana.

    Aos sábados, depois do "Jornal Hoje", será criada uma faixa de humor que ficará sob a responsabilidade das afiliadas, com o nome de "Sessão Comédia". Será extinta a faixa de filmes "'Cine Fã-Clube". Neste horário, para SP e RJ, serão exibidas reprises de programas humorísticos.

    No começo das manhãs de sábado, também haverá a adição de uma faixa de uma hora para conteúdo regional. Com isso, o "Como Será?", de Sandra Annenberg, irá ao ar de 07h às 09h, podendo começar às 06h ou às 06h30 nas afiliadas que quiserem ocupar a faixa com produção local.

    Esse movimento de valorização da programação local foi iniciado com o lançamento de "Hora Um" em dezembro, quando foi ampliada em meia hora a duração dos jornalísticos regionais matinais.

    Segunda a Globo, o projeto de ampliação e aperfeiçoamento dos espaços regionais na grade é uma das prioridades estratégicas da emissora e foi feito em parceria pelas áreas de Programação, Relacionamento com Afiliadas, Marketing, Jornalismo e as 118 emissoras afiliadas.

    Com informações do Na Telinha
     



  • Esporte Interativo sairá da operadora Claro TV:


    19.04.2015 22h59m
    Recomendar
    Esporte Interativo sairá da operadora Claro TV:

    O Esporte Interativo não fará mais parte do line-up da operadora Claro TV, terceira maior em número de assinantes do mercado, atrás de Sky e Net.

    O anúncio foi feito para os assinantes da operadora na última quinta (16), que também disse que em seu lugar entrará o canal ESPN+. Além disso, o E+I Nordeste será substituído pelo I.Sat, canal de variedades pertencente à Turner.

    O fato pegou a todos de surpresa, já que com a aquisição da UEFA Champions League com exclusividade para as próximas três temporadas, além da exibição da Copa do Nordeste, esperava-se que o Esporte Interativo tivesse sua cobertura ampliada.

    Em comunicado enviado para o NaTelinha com exclusividade, o canal esportivo diz que foi surpreendido com a decisão, conta que o desentendimento é com a Net, que recentemente virou sócia-majoritária da Claro TV, e espera reverter a decisão o mais depressa possível, para que os assinantes da Claro, que há cinco anos acompanhavam o E+I, não sejam prejudicados.

    Veja a íntegra do comunicado:

    "Fomos surpreendidos pela decisão da Claro TV, que recentemente passou a ter a sua programação administrada pela NET, de descontinuar a transmissão dos canais Esporte Interativo.

    Nós ainda estamos conversando com eles, esperançosos de que possamos reverter essa decisão da NET, com objetivo de que os assinantes da ClaroTV continuem a ter os canais Esporte Interativo e Esporte Interativo Nordeste na sua TV, podendo acompanhar os grandes jogos da Liga dos Campeões, da Europa League, da Copa do Nordeste, da Copa Verde, dos Estaduais Nordestinos, da NFL, entre tantos outros eventos esportivos de primeira linha, sempre com a emoção que o Brasil merece.

    O sucesso desta parceria de mais de 5 anos nos faz ter esperança de que que possamos chegar a uma solução que não prejudique milhões de apaixonados por esportes que nos acompanham todos os dias”.

     

    Fomos surpreendidos pela decisão da Claro TV, que recentemente passou a ter a sua programação administrada pela NET, de descontinuar a transmissão dos canais Esporte Interativo. Nós ainda estamos conversando com eles, esperançosos de que possamos reverter essa decisão da NET, com objetivo de que os assinantes da ClaroTV continuem a ter os canais Esporte Interativo e Esporte Interativo Nordeste na sua TV, podendo acompanhar os grandes jogos da Liga dos Campeões, da Europa League, da Copa do Nordeste, da Copa Verde, dos Estaduais Nordestinos, da NFL, entre tantos outros eventos esportivos de primeira linha, sempre com a emoção que o Brasil merece. O sucesso desta parceria de mais de 5 anos nos faz ter esperança de que possamos chegar a uma solução que não prejudique milhões de apaixonados por esportes que nos acompanham todos os dias.

    Posted by Esporte Interativo on Domingo, 19 de abril de 2015

    Com informações do Na Telinha
     



  • Twitter triplica equipe que cuida de conteúdo abusivo


    19.04.2015 22h52m
    Recomendar
    Twitter triplica equipe que cuida de conteúdo abusivo
    Foto: Reprodução

    O Twitter está reforçando sua política contra mensagens abusivas. Após modificar suas regras no mês passado para banir o "revenge porn", o microblog anunciou ontem à AFP que triplicou o tamanho de sua equipe responsável por proteger seus usuários de situações abusivas.

    De acordo com a conselheira geral do Twitter, Vijaya Gadde, essa mudança permitirá à empresa responder de forma cinco vezes mais rápida a denúncias de abusos. "Mesmo em situações quando reconhecemos que abusos estavam acontecendo, nossos tempos de resposta foram indesculpavelmente longos, e o conteúdo da nossa resposta foi fraco demais", disse.

    Outras mudanças adotadas pela plataforma são alterações em sua política de segurança, como uma expansão da definição de "abuso" que visa incluir ameaças indiretas de violência. Isso porque, segundo Gadde, "alguns tipos de abuso passaram despercebidos porque nossas políticas não reconheceram, de maneira adequada, o escopo e a quantidade de dano causado por comportamento abusivo".

    A empresa adotou também medidas para reduzir o uso de contas criadas anonimamente e utilizadas para intimidar e silenciar outros usuários. "Estamos mudando nossa abordagem a esse problema de algumas maneiras que não serão imediatamente aparentes, e de outras que serão", comentou a conselheira geral.


    Com informações do Olhar Digital
     



  • Líder do “CQC”, Dan Stulbach assina com a ESPN


    19.04.2015 22h46m
    Recomendar
    Líder do “CQC”, Dan Stulbach assina com a ESPN
    Foto: Reprodução

    Substituto de Marcelo Tas no “CQC” e atual líder do semanal da Band, que enfrenta uma forte crise de audiência desde o ano passado, Dan Stulbach acaba de assinar contrato com outro canal.

    O ator e apresentador é o mais novo membro da ESPN, esportivo no qual comandará o “Bola da Vez” e participará ocasionalmente do “Bate Bola” e “Linha de Passe”, segundo informa a coluna de Cristina Padiglione.

    As conversas entre as partes ocorriam desde que Stulbach atuou como comentarista pela ESPN no ano passado, durante a Copa do Mundo. Ainda de acordo com a publicação, a Band estava ciente das negociações antes do profissional ter acertado sua entrada no “CQC”.


    Com informações do RD1
     



  • Band FM assume a liderança geral em São Paulo

    Redução do volume de audiência das FMs “populares” aproxima estações de outros gêneros
    19.04.2015 22h38m
    Recomendar
    Band FM assume a liderança geral em São Paulo
    Foto: Reprodução

    No último dia 8 de abril, foi divulgado mais um panorama geral da audiência FM da Grande São Paulo, com base nos dados obtidos pelo Instituto Ibope. No geral o rádio paulistano viu mais uma queda na média de ouvintes por minuto registrada nos principais períodos da pesquisa, situação motivada pela oscilação negativa vista nos números das FMs consideradas “populares”. Porém o panorama não foi negativo para todos, providenciando vários destaques importantes para determinadas emissoras. O ranking foi repassado às agências e emissoras assinantes e o cruzamento desses dados com os seus respectivos destaques você acompanha na sequência (05h-00h, todos os dias e locais, trimestre janeiro a março de 2015):

    Nova líder: O movimento foi ruim para as emissoras populares de São Paulo, com suas médias de ouvintes por minuto diminuindo de forma considerável na comparação com as medições anteriores. Porém isso não produz apenas efeitos negativos, pois existe a disputa por colocações entre concorrentes diretas. Nesse caso o panorama foi positivo para a Band FM 96.1, emissora que oscilou menos que as rivais e acabou cravando a primeira colocação geral de audiência nos períodos 05h-00h (todos os dias e locais) e 06h-19h (segunda à sexta-feira). A Band FM já havia obtido um panorama positivo na pesquisa anterior, quando alcançou a vice-liderança geral. Na sequência estão as rádios Transcontinental FM 104.7 e Nativa FM 95.3.


    Subidas no “top 10”: Diferente do que ocorreu na pesquisa anterior (onde apenas a Gazeta FM 88.1 apresentou oscilação positiva entre as FMs que ocupam as dez primeiras colocações), mais rádios viram suas médias de audiência serem ampliadas no 05h-00h/todos os dias e locais. A Rádio Vida FM 96.5 apresentou uma variação positiva consistente, fato que a isolou na quarta colocação geral em períodos importantes da pesquisa. Também foram observados crescimentos nas médias de rádios como Top FM 104.1 (isolada em quinto geral), 105 FM 105.1 de Jundiaí e Mix FM 106.3 (líder no segmento jovem/pop e que melhora a sua participação no share – partilha do total da audiência FM entre as rádios pesquisadas). Também é destaque a volta da Metropolitana FM 98.5 ao “top 10” do ranking paulistano.


    Diminuiu a distância: Houve um maior “achatamento” da distância entre as primeiras colocadas e as demais FMs participantes do ranking. Isso foi algo importante para as emissoras de outros segmentos que viram suas participações no total da audiência FM ampliar (medido pelo share). Também segue acirrada a disputa por colocações nessa primeira metade da pesquisa, principalmente no segmento adulto-contemporâneo: a Antena 1 FM 94.7 apresentou forte reação na comparação com a medição passada e aparece à frente da Nova Brasil FM 89.7 no período 05h-00h/todos os dias e locais, porém a distância entre as duas concorrentes é pequena. A liderança desse gênero é da Alpha FM 101.7, que segue entre as FMs mais ouvidas de São Paulo


    O mercado também viu melhoras nos índices das rádios Jovem Pan FM 100.9 (agora à frente da Kiss FM 102.1 e CBN FM 90.5, emissoras que ignoraram a tendência de recuo vista no total da audiência FM da Grande São Paulo na comparação com a pesquisa anterior.


    Mais avanços: O rádio FM de São Paulo viu oscilações positivas em várias emissoras participantes. A popular Tropical FM 107.9 melhorou sua média de ouvintes por minuto na comparação com a medição anterior. O mesmo quadro foi visto no índice da Rádio Bandeirantes FM 90.9, jornalística/esportiva que apresentou uma forte reação na atual medição. Outras duas rádios do Grupo Bandeirantes apresentaram crescimento: a SulAmérica Trânsito FM 92.1 (registrou uma de suas melhores marcas em São Paulo) e Bradesco Esportes FM 94.1 (segue avançando aos poucos no ranking paulistano).

    Clique aqui e saiba mais sobre o “Novo Critério Brasil”.


    > Sobre o panorama - O texto acima foi um panorama geral a partir do cruzamento de informações de rádios e agências, com base nos períodos 05h-00h (todos os dias e locais) e 06h-19h (segunda à sexta-feira, todos os locais). É importante salientar a grande variação de cenários em cada período/filtro da medição, sendo um raio-x amplo do comportamento do meio (no geral, por média, por alcance e também por segmentos). Infelizmente o Instituto Ibope solicita a não publicação de todas as posições e dos números de audiência das rádios, diferente das pesquisas de televisão.
    Índices - os “pontos” das rádios


    Separamos aqui os índices absolutos da média de audiência das 15 primeiras colocadas, mercado que conta com cerca de 40 rádios participantes. É importante lembrar que um desempenho de audiência de uma determinada FM não pode ser encarado apenas pela posição que a rádio ocupa, já que é importante considerar o perfil e foco de programação trabalhado pelas estações, além do tamanho do universo (ouvintes) que elas disputam (e o número de concorrentes disputando a mesma “fatia de audiência”).
    Veja como ficou essa listagem entre as 15 primeiras colocadas com base no período 05h-00h (todos os dias e locais – janeiro a março/2015), com base no cruzamento de informações de rádios e agências voltadas ao meio.


    01 – Band FM 96.1 – 0.94%
    02 – Transcontinental FM 104.7 – 0.91%
    03 – Nativa FM 95.3 – 0.86%
    04 – Vida FM 96.5 – 0.69%
    05 – Top FM 104.1 – 0.65%
    06 – Alpha FM 101.7 – 0.59%
    07 – Gazeta FM 88.1 – 0.56%
    08 – 105 FM 105.1 – 0.51%
    09 – Mix FM 106.3 – 0.43%
    10 – Metropolitana FM 98.5 – 0.38%
    11 – 89 A Rádio Rock FM 89.1 – 0.37%
    12 – Antena 1 FM 94.7 – 0.29%
    13 – Nova Brasil FM 89.7 – 0.29%
    14 – Jovem Pan FM 100.9 – 0.27%
    15 – Kiss FM 102.1 – 0.26%


    São 39 estações que partilham o total da audiência FM de São Paulo e região metropolitana.


    Fonte: Tudo Radio
     



Os comentários e textos não representam a opinião do portal; a responsabilidade pelo blog é do autor da mensagem.
Folha do Estado da Bahia
Desenvolvido por Tacitus Tecnologia